Menu

Tênis paralímpico: emoção, inspiração e superação

ParalympicsGB Rio 2016 wheelchair tennis teamTenistas da equipe inglesa paralímpica RIO 2016 (Foto: Federação Inglesa do Desporto para Deficientes/EFDS)

Um dia de muita inspiração, emoção e inclusão social por meio do esporte. Foi assim que o grupo de atletas amadores da ONG Empresto Minhas Pernas by Fast Wheels acompanhou os treinos dos tenistas da equipe inglesa paralímpica, antes dos Jogos Rio 2016. Os integrantes do projeto sediado em Santos, litoral paulista, tiveram a oportunidade de conhecer alguns dos melhores atletas do mundo na modalidade paralímpica, que os receberam na Academia Play Tennis, em São Paulo.

Além da tradição no tênis, a Inglaterra veio com um time de peso para os Jogos RIO 2016. Entre os grandes nomes da equipe estão: Jordanne Whiley (ranking 4) e Lucy Shuker (ranking 7), Louise Hunt (ranking 13), Alfie Hewett  (ranking 14), Dave Phillipson (ranking 24), Marc McCarroll (ranking 20), Gordon Reid (ranking 5), Andy Lapthorne (ranking 4), Jamie Burdekin (ranking 7) e Antony Cotterill (ranking 9).

Doz dez jogadores, oito integraram o time que disputou a última edição dos Jogos Paralímpicos. Entre eles, três subiram ao pódio em Londres 2012: Jordanne Whiley (prata), Lucy Shuker (bronze) e Andy Lapthorne (prata). E três foram campeões de Grand Slam recentemente: Jordanne Whiley (duplas Roland Garros e Wimbledon 2016), Gordon Reid (duplas Australian Open, Roland Garros e Wimbledon 2016) e Andy Lapthorne (simples Australian Open 2014 e duplas Roland Garros 2016).

TEAM GBRJordanne Whiley e Lucy Shuker treinam para a Paralimpíada RIO 2016 na Play Tennis Morumbi

 stefan -2Stefan Klaus e Ana Paula, coordenadores do projeto, com Antony Cotterill

ONG 3Atleta da ONG com Alfie Hewett

Nos intervalos entre os treinos, os jogadores conversaram, tiraram fotos e trocaram experiências de superação por meio do esporte com os participantes da ONG, que incentiva atletas amadores com e sem deficiência física a participarem de corridas de rua empurrando um cadeirante. “Foi uma emoção muito grande estar ao lado deles, a mesma emoção que senti quando participei da minha primeira corrida. Uma oportunidade que jamais pensei que poderia ter na vida. Eles são um exemplo para mim. Ver que eles seguram a bolinha com uma mão, a raquete com a outra, sacam e ainda empurram as cadeiras de rodas, me faz sentir que posso muito mais”, diz Marcus Conde, portador de paralisia cerebral e integrante do projeto.

O objetivo da ONG é fazer do esporte uma experiência de inclusão e sociabilização entre portadores e não portadores de necessidades especiais e, assim, conscientizar a sociedade sobre a importância do paradesporto, do voluntariado e da prática esportiva. “Pregamos a inclusão sem bandeiras, para que pessoas com deficiências físicas ou mentais e pessoas sem qualquer tipo de deficiência, escolham uma atividade física como qualidade de vida, independentemente de obter rendimento ou não”, afirma Stefan Klaus, criador e coordenador da Empresto Minhas Pernas by Fast Wheels.

ONG 2-2Integrantes e atletas do projeto

ONG-2Turma do "Empresto Minhas Pernas by Fast Wheels" fez a festa na Play Tennis

Os tenistas da Grã-Bretanha se despedem dos Jogos Paralímpicos Rio 2016 mantendo a tradição do país no esporte, com 6 medalhas no total. Na categoria Open - que inclui atletas com limitação permanente e significativa em uma ou nas duas pernas e condição funcional normal nos braços - Gordon Reid, número 3 do ranking mundial, ficou com o ouro em simples, Alfie Hewett com a prata e ambos com a prata nas duplas masculinas, além de Jordanne Whiley e Lucy Shuker com o bronze nas duplas femininas. Na categoria Quad - atletas com limitação permanente e significativa nas pernas e no braço com o qual jogam, limitações de deslocamento e de manuseio da raquete - Andy Lapthorne levou a prata em simples. Nas duplas masculinas, ele e o parceiro Jamie Burdekin conquistaram o bronze. Inspirações para o esporte e para a vida!

reid heweetGordon Reid, ouro em simples e prata nas duplas com Alfie Hewett (Foto: Divulgação/RIO 2016)

jordanne Whiley Lucy Shuker Wheelchait Tennis ScoreboardLucy Shuker e Jordanne Whiley: medalha de bronze nas duplas (Foto: Divulgação/RIO 2016)

Os treinos da equipe inglesa de tenistas cadeirantes são organizados pela Tennis Foundation e contam com o apoio das Academias Play Tennis.

Mais informações: Academias Play Tennis (11) 3744-7075 - www.playtennis.com.br / www.rio2016.com/paralimpiadas e Empresto Minhas Pernas by Fast Wheels(13) 98181-7955 /  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

voltar ao topo