Menu

O tênis de luto

braddrewettBrad Drewett, Presidente da ATP (Foto: Getty Images)

Um comunicado feito pela Associação dos Tenistas Profissionais, nesta sexta-feira, deixou o mundo do tênis mais triste. Jogadores, treinadores, membros da associação e profissionais do esporte em geral receberam com pesar a notícia do falecimento de Brad Drewett, Presidente da ATP.

O australiano tinha 54 anos e sofria de Esclerose Lateral Amiotrófica, uma doença degenerativa nos neurônios. Afastado do cargo no início do ano, Brad Drewett fez importantes contribuições ao tênis desde que assumiu a presidência da entidade em janeiro de 2012.

Líder visionário e grande incentivador do esporte, Drewett foi o primeiro executivo da ATP na lista das 50 pessoas mais influentes em negócios do esporte, segundo a Revista Sports Business.

Um de seus grandes feitos foi o aumento da premiação aos jogadores nos quatro torneios Grand Slam: Australian Open, Roland Garros, US Open e Wimbledon, que neste ano vai oferecer o maior prêmio da história do tênis, cerca de R$ 69,7 milhões.

Drewett também foi fundamental para o crescimento do esporte na Ásia, além do sucesso do ATP World Tour Finals e por realizar importantes parcerias comerciais para a associação.

Como jogador, o australiano alcançou o Top 40 em simples e o Top 20 em duplas. No total, foram 181 vitórias individuais, com dois títulos (South Orange, Nova Jersey, em 1983, e no Cairo, em 1982) e sete títulos de duplas. Como juvenil, ganhou o título de simples do Australian Open em 1975 e um ano depois chegou às quartas-de-final de simples, em sua estréia no torneio. Ele também foi finalista em duplas por duas vezes na Austrália e chegou às quartas-de-final de duplas em Wimbledon.

Além do trabalho na ATP, Drewett administrava várias empresas no segmento esportivo, na indústria de fitness e trabalhou como comentarista do Canal 9 e Canal 10 na Austrália. Sem dúvida, um empreendedor de sucesso.

Brad deixa a esposa Joanne e quatro filhos: Jack, Ally, Joe e Tom.

silencemadridTenistas em momento de silêncio por Brad Drewett, durante sorteio das chaves no Masters de Madrid (Foto: Getty Images)

Fonte: www.atpworldtour.com

voltar ao topo