Menu

14 dicas imperdíveis do que fazer no Miami Open

Miami-Open-EntranceMiami Open, o torneio mais frequentado por brasileiros, no Crandon Park Tennis Center

Por Aline Brunello

Sol, praia, compras, vida noturna e, claro, muito tênis. Tudo isso atrai os amantes do esporte do mundo inteiro ao Miami Open, torneio que reune as categorias Masters 1000 da ATP e WTA Premier, na quente, vibrante e ensolarada Florida. 

Mesmo para quem já visitou o torneio uma, duas, três vezes e principalmente para os que nunca estiveram lá, informações e dicas preciosas são sempre bem-vindas. Algumas só a organização e os profissionais que trabalham no evento têm acesso, ficando distantes aos olhos dos visitantes.

O Tennis Report já esteve na cobertura oficial do Miami Open em três edições (2013, 2014 e 2016) e conta um pouquinho do que fazer de legal por lá. Esse ano o torneio divulgou alguns números e dados interessantes sobre a sua história e a gente também compartilha tudo aqui com você. Olha só!

Leia mais ...

Batendo uma bolinha em Miami

 hartru capaHar-Tru, o saibro verde americano

Onde é possível curtir as praias, o clima tropical, a variedade de lojas e ótimos restaurantes no melhor estilo brasileiro, sem estar no Brasil? Em Miami, é claro. A cidade no sul da Flórida já se tornou o segundo lar de quem procura qualidade de vida, bons preços, muita diversão e tradição no esporte.

Se você já tem roteiros completos de compras, gastronomia, entretenimento e sempre quis bater uma bolinha na cidade preferida de dez entre dez brasileiros, saiba que não faltam boas opções aos amantes do tênis por lá. E o melhor: a preços inacreditáveis, afinal todas as quadras estão localizadas em parques públicos.

Se no hotel ou na casa do amigo não tem uma quadra para chamar de sua, não se preocupe. O Tennis Report rodou a cidade mais uma vez e preparou um guia exclusivo pra você. De norte a sul, leste a oeste, piso duro ou Har-Tru. Não importa a região ou a superfície. Em cada cantinho da cidade tem uma bela quadra te esperando. Confira os lugares mais bacanas onde vale a pena tirar a raquete da bolsa e aproveite para bater uma bolinha no delicioso clima de Miami. Ready? Play!

Leia mais ...

Os mini Slams

 IW BNP-Paribas-Open-2010-2BNP Paribas Open abre a temporada dos "mini Slams"

Estrutura, organização, jogos, público, animação, glamour, expectativa e clima de Grand Slam. Tão bom quanto acompanhar ou estar em um dos quatro majors do tênis é vivenciar a experiência de um torneio Masters 1000 ou Premier Mandatory. São nove ao longo da temporada da ATP e quatro na agenda da WTA, cada qual com suas histórias, características e detalhes que os tornam tão especiais.

Abrindo o calendário em março, um grande mês para o esporte, dois eventos consecutivos em solo americano chamam a atenção: o BNP Paribas Open em Indian Wells e o Sony Ericsson Open em Miami. São dois mil pontos e muito dinheiro em jogo, o que atrai um grande número de tenistas em lados opostos do país. O alto nível e a quantidade de dias de competição, dez e doze respectivamente, fazem dos primeiros Masters 1000 e Premier Mandatory da temporada dois mini Grand Slams.

O apoio e a presença da torcida, que lota as arquibancadas do início até o fim de cada torneio, também são fatores decisivos na preferência de muitos jogadores que consideram esta a melhor época nos calendários da ATP e da WTA. Em sua 37ª edição, com estimativa de público acima de 370 mil pessoas e com mais de 5 milhões de dólares em premiação, o primeiro torneio deles acontece no magnífico complexo do Indian Wells Tennis Garden, no deserto da Califórnia.

Leia mais ...