Menu

Rio Open presented by Claro

ATP 500

Rio Open presented by Claro - Rio de Janeiro, Brasil
Data: 16.02.2015 - 22.02.2015

ATP 250

Delray Beach Open by The Venetian Las Vegas - Delray Beach, EUA
Data: 16.02.2015 - 22.02.2015

Open 13 - Marselha, França
Data: 16.02.2015 - 22.02.2015

WTA International

Rio Open presented by Claro - Rio de Janeiro, Brasil
Data: 16.02.2015 - 22.02.2015

Leia mais ...

Arte de rua no Rio Open 2015

poster toz claroRio Open retratado no poster de Tomaz Viana, o Toz (Imagem: Divulgação)

Tênis é arte. Seja nas jogadas espetaculares, na tradição das regras, no fair play dos jogadores, no design dos equipamentos, nos uniformes ou na cultura própria do esporte. Uma história tão rica que pode ser vista em diversos museus específicos sobre o assunto mundo afora.

Então por que não trazer um pouquinho mais de arte a esse universo tão admirado até mesmo por quem entende pouco do que acontece dentro e fora das quadras? Assim como na confecção dos trofeus, uma das tradições que regem o esporte é ver o espírito do torneio onde ele acontece, retratado em um poster criado por um grande artista local.

Em alguns torneios como Roland Garros, essa prática é mantida há anos e é possível ver todos os posteres comemorativos de edições passadas num cantinho especial do Museu da Federação Francesa de Tênis. O sucesso é tão grande que chegou ao Brasil. Para comemorar a segunda edição, o Rio Open já tem seu espírito retratado em um poster super especial.

Leia mais ...

Por trás das câmeras com Narck Rodrigues

narck sportvNarck Rodrigues, comentarista do SporTV

Ele já fez parte do circuito da ATP, é professor de tênis, disputa torneios ITF Seniors e, como bom carioca, invadiu as areias do Beach Tennis. Pra quem já foi tenista profissional é difícil ficar longe do esporte.

Com um belo currículo, Narck Rodrigues levou a experiência adquirida durante anos de quadra para o outro lado da telinha e desde 1998 é comentarista de tênis nos canais SporTV, onde vivenciou alguns dos momentos mais marcantes do esporte, em todos esses anos de profissão.

No intervalo das transmissões do Rio Open, Narck bateu um papo com o Tennis Report e falou sobre a atual fase do tênis nacional, o trabalho realizado em prol do esporte, a prioridade pelo futebol nas emissoras brasileiras e o segredo para se fazer uma boa transmissão. Confira a entrevista com um dos melhores comentaristas esportivos do Brasil!

Leia mais ...

O cantinho das raquetes

DSCN5623Raquetes na sala de encordoamento do Brasil Open 

A raquete é o instrumento de trabalho de qualquer tenista. Mas antes de chegarem prontas e perfeitas nas quadras, elas passam pelas mãos de uma equipe de especialistas, que trabalham duro numa salinha muitas vezes escondida nos bastidores dos torneios.

Eles são os responsáveis por deixar as raquetes exatamente do jeitinho que cada jogador precisa. As preferências, as exigências e as necessidades são diferentes, seja com o tipo de corda, a tensão utilizada ou a quantidade de pintura. Quanto maior o torneio, maior o número de raquetes que passam por essa constante manutenção.

Um desses especialistas e anjos da guarda dos tenistas é o Ricardo Dipold, responsável pelas salas de encordoamento do Rio Open, do Brasil Open e da Brasil Tennis Cup em Florianópolis. O Tennis Report invadiu o cantinho dos equipamentos dos jogadores para mostrar, com exclusividade, os bastidores da sala de encordoamento do Brasil Open. A equipe formada por Ricardo, Raoni e Kiko conta tudo pra você. Confira!

Leia mais ...

Coletiva Guga Kuerten no Rio Open

Formação de base, cultura do esporte, brasileiros no ranking, Rafael Nadal, Olimpíada, Copa do Mundo, passado, presente e futuro do tênis, sua história de vida. Guga Kuerten abriu o coração na coletiva de imprensa durante o Rio Open 2014. Confira!

Leia mais ...

Giovani, o assessor do Team Nadal no Brasil

giovani fasanoGiovani e o Team Nadal no Rio de Janeiro

Cicerone. Termo antigo usado para definir um guia de turismo, alguém que leva os visitantes para passear, mostrando a eles o que há de mais legal e importante na cidade, seja um museu, um parque ou um restaurante. No mundo do tênis também existe o trabalho do cicerone, que faz tudo isso e muito mais pelos grandes nomes do esporte.

 Organizar compromissos, pensar no deslocamento, cuidar da alimentação, alinhar a agenda e os compromissos de acordo com os horários de treino, controlar o assédio dos fãs. Tudo para que o tenista entre em quadra descansado e focado somente no próximo jogo.

Depois da partida, hora de sair para relaxar, jantar naquele restaurante bacana e, no dia seguinte, aproveitar o pouco tempo livre para passear pelos pontos turísticos da cidade, afinal ninguém é de ferro, nem mesmo os profissionais do tênis. Aqui no Brasil, a equipe de Rafael Nadal já tem um cicerone pra chamar de seu. O Tennis Report bateu um papo com Giovani Prestes, que já está tão famoso por aqui quanto o tenista número 1 do mundo. Confira!

Leia mais ...

Entre e fique à vontade

 DSCN5579Entre e fique à vontade

Logo na entrada, um grande painel dá as boas vindas aos jornalistas, fotógrafos e cinegrafistas que vieram de vários cantos do Brasil e do mundo para uma semana de muito tênis na Cidade Maravilhosa. Se o Rio de Janeiro virou a segunda casa dos profissionais que trabalharam na cobertura do maior torneio de tênis da América do Sul, a sala de imprensa pode ser considerada a primeira.

Entre inúmeras partidas e incontáveis horas de trabalho, o que todo mundo quer é um cantinho pra chamar de seu. E no Rio Open, esse “cantinho” se transformou num super espaço com toda estrutura necessária para tantos dias de evento. A equipe de assessoria do torneio começou a utlizar a sala na segunda-feira, uma semana antes do início dos jogos. E os jornalistas, na quinta-feira, antes da rodada do qualifying.

E a turma era grande! Foram credenciados 377 jornalistas, sendo 321 brasileiros e 56 estrangeiros, num total de 179 veículos de comunicação, entre eles 154 nacionais, além de 80 estações de trabalho. Salas de imprensa são territórios internacionais, onde pessoas do mundo todo interagem e compartilham o mesmo espírito: levar a informação precisa aos quatro cantos do mundo. Pra quem é apaixonado pelo esporte e pela profissão, nada melhor do que viver intensamente esses dias que passam na velocidade de um ace.

Leia mais ...

Guga entrega trofeu a Rafael Nadal

 

Rafael Nadal vence o primeiro torneio no saibro na temporada e ninguém melhor do que Guga Kuerten para entregar o trofeu ao campeão do Rio Open 2014. Registramos todos os momentos da premiação pra você: o discurso emocionate de Alexandr Dolgopolov sobre a situação política na Ucrânia, a vibração da torcida, a festa na quadra central e muito mais. Valeu, Rio Open! A gente se vê em 2015!

Leia mais ...

3, 2, 1 … Rio Open no ar!

Você liga a TV e lá estão as imagens da quadra, do público e dos jogadores. Parece fácil, não é? Mas, por trás das câmeras, a realidade é diferente. O Tennis Report acompanhou de perto o trabalho de transmissão do Rio Open e a participação de Teliana Pereira na cabine com Eusebio Resende e Maria Esther Bueno. Todos os detalhes pra você, leitor e telespectador, que sempre quis saber um pouco mais sobre o outro lado da telinha. 3, 2, 1... no ar!

Leia mais ...

3, 2, 1 ... no ar!

DSCN5510Cabine de transmissão do SporTV no Rio Open

Você liga a TV e lá estão as imagens da quadra, do público e dos jogadores. A voz inconfudível do narrador e a informação precisa do comentarista também. Tudo pronto para mais um dia de transmissão. Parece fácil, não é? Mas por trás das câmeras a realidade é outra. Um verdadeiro batalhão trabalha pesado para que os telespectadores não percam nenhum lance da partida.

A maioria dos torneios que assistimos pela TV no Brasil são internacionais e os canais locais recebem o sinal para a retransmissão. Mas quando o evento é aqui, o trabalho é diferente. No Rio Open, os direitos autorais são da ATP Media, mas as imagens são feitas e geradas pelo SporTV, canal oficial do torneio pelos próximos cinco anos. A equipe saiu da emissora e se instalou no Jóquei Club Brasileiro, onde mantém um contato real com os jogadores, o público e a mídia.

São 98 pessoas responsáveis pela engenharia e 36 envolvidas com jornalismo e eventos que, há seis meses trabalham no planejamento da transmissão, gerada a 105 países. A possibilidade de sair da cabine e interagir com a torcida dá um outro colorido ao evento e à transmissão, além de garantir uma infinidade de opções e um material com mais qualidade jornalística. O Tennis Report acompanhou de perto o trabalho de transmissão do Rio Open e conta os detalhes pra você, leitor e telespectador, que sempre quis saber um pouco mais sobre o outro lado da telinha.

Leia mais ...
Assinar este feed RSS